Você tem medo ou receio de se aposentar por algum motivo? Acha que quando se aposentar a sua vida ficará sem graça, e você sem ter o que fazer durante os seus dias? Essa visão que temos sobre as pessoas aposentadas é muito antiga, ela é o reflexo da visão que temos das pessoas quando elas envelhecem, que é a de que elas ficam improdutivas e acabam virando um peso para os familiares. Esse estigma que a terceira idade carrega anda mudando aos poucos, mas ainda há um longo caminho a se percorrer nesse sentido.

Não precisa ser assim a aposentadoria, ela pode ser um momento alegre e feliz da sua vida. Basta você correr atrás, não se entregar plenamente a velhice como muitos fazem, achando que a vida acabou e que já não há mais nada interessante para se viver. Lembre que toda a fase de vida possui as suas belezas, e nós é que precisamos percebê-las e aproveitá-las o máximo possível.

A vida de uma pessoa realmente muda muito quando ela se aposenta, pois a sua rotina anterior de trabalho que consumia grande parte do seu tempo, já não existe mais. Então, você deve procurar preencher esse vazio de tempo com coisas que te agradem. Acompanhe agora uma série de dicas nesse sentido.

Seja uma pessoa mais aberta

Quando alguém quer transformar a sua vida em algo melhor, ela deve se abrir a todas as possibilidades que aparecerem. Pois, uma pessoa que não se interessa em ir atrás de novas pessoas, movimentos e práticas, é basicamente impossível de conseguir se reinventar em qualquer fase da vida. E a reinvenção é necessária para quem está se aposentando, porque a sua vida não será mais a mesma, definitivamente.

Claro que existem pessoas que são mais tímidas, isso é muito natural, faz parte da personalidade delas, quando dizemos que elas devem ser mais abertas, queremos dizer sobre buscar novas coisas na vida, não ficar na sua zona de conforto. Com o tempo e com essa atitude, com o aposentado experimentando tudo o que puder, ele irá construir uma fase de vida muito próspera.

Procurar ajuda caso precise

Nem todo mundo passa por esse processo de mudança na vida ileso e de boa, muitos tem dificuldade árdua em se adaptar a nova realidade, o que é perfeitamente compreensível. Caso você seja assim, alguém que sempre foi muito ligado ao trabalho, que sempre viveu para a carreira, então talvez seria o caso de buscar uma ajuda, uma terapia, que te ajudasse e te desse apoio nesse momento delicado da sua vida. Fazer terapia, por exemplo, te ajudará a entender e a lidar melhor com as suas questões, e com o tempo ela te ajudará a colocar a sua vida nos trilhos.

Busque encontrar um hobby

Ocupar o tempo e a mente na sua nova vida é muito importante também, lembrando que um hobby é algo que todos deveriam ter, independente da idade. Achar algo que te faz feliz, alegre, que te entretenha e que dê um sentido na sua vida é primordial para quem está sofrendo com as mudanças da aposentadoria.

A nossa vida precisa ter um significado, algo que nos faça levantar da cama todos os dias. Afinal, não se pode começar a viver como se fosse uma planta, sem nenhum desejo humano que não comer e dormir. A beleza da vida reside nos detalhes, como na arte, no cinema e no conhecimento no geral.

Faça trabalho voluntário

Para não se sentir improdutivo, fazer trabalho voluntário seria uma ótima ocupação. Ajudar quem precisa doando o seu tempo e o seu carinho, pode se tornar algo que dê sentido a sua existência, que depois da aposentadoria pode começar a ser sentida como algo morno e sem graça. Sem contar em como você se sentirá fazendo isso, pois o bem só nos traz coisas boas.