Você com certeza deve conhecer aquele estereótipo da velhinha que fica sentada numa cadeira de balanço fazendo tricô ou crochê, não é? Ou aquele outro do velhinho que fica na praça jogando dama com os amigos e comida aos pombos? Esses estereótipos foram uma realidade durante décadas, quiçá séculos, com as pessoas idosas sendo vistas como improdutivas, como um peso para a sociedade e outros absurdos iguais a esses. Lembrando que a cada ano que se passa a expectativa de vida vem aumentando na maioria dos países, o que só aumenta o tempo de velhice enfrentado pelas pessoas.

Mas hoje em dia não precisa ser mais assim, a pessoa não precisa deixar de viver apenas porque envelheceu, isso é um tipo de pensamento que deveríamos desconstruir urgentemente. Já vemos esse tipo de movimentação nos dias de hoje, com os idosos ficando cada vez mais empoderados, e não aceitando mais esse destino que lhes foram imposto durante tanto tempo. No entanto, essa é ainda uma minoria, infelizmente. O que temos que fazer é cada vez mais difundir esses ideais de vida para a terceira idade, estimulá-los a viver intensamente todos os dias e não o contrário.

Veja agora algumas ideias para passar o seu tempo após a sua aposentadoria, que te deixarão mais animados e com uma vida mais legal.

Praticar algum esporte

Os esportes são sempre ótimas opções para um idoso que queira mudar a sua vida, começar a deixar de ficar tanto em casa sedentário e sem ter muito o que fazer, melhorar a sua saúde, dentre outras vantagens. Esporte é diversão acima de tudo, e interação social também, lembrando que muitos idosos reclamam de solidão excessiva quando chegam a terceira idade. Ter uma rotina que inclua algum esporte, combinar de correr com amigos, entrar num time de algum esporte de equipe, tudo isso o ajudará a não se sentir tão sozinho e desanimado.

Participar de grupos para a terceira idade

Muitas pessoas olham com desdém para esse tipo de grupo, e muitos idosos se sentem até mal só de pensar em entrar em algum deles, por achar que irão passar recibo de velho, de desocupado e afins, mas a verdade é que a proposta é muito boa e pode te trazer muitos benefícios. Pense juntar um pessoal da sua idade, que provavelmente têm as mesmas questões que você, os mesmo problemas, para fazer uma gama infinda de atividades recreativas, viagens, bate papos, tudo isso era te fazer alcançar um crescimento sem base.

Dança

A dança é uma arte, e como toda arte, muda a vida por completo da pessoa que se joga de cabeça na prática. Ela é muito ampla, possui inúmeros gêneros populares, podendo ser escolhido aquele que melhor se encaixar com a sua personalidade e melhor lhe aprouver como prática artística.

Dançar pode ser uma ótima opção para o aposentado que quer encontrar uma atividade lúdica, que o divirta e dê sentido a sua vida, muito mais do que uma simples atividade física. A dança melhora a coordenação, o condicionamento físico, a frequência cardíaca, tudo o que costuma ficar prejudicado com a idade. Sem contar que nas aulas de dança você conhecerá um monte de gente, outra coisa muito benéfica para quem já é aposentado.

Fazer cursos

Você é do tipo de pessoa que sempre gostou de aprender, de acrescentar sempre algum tipo de conhecimento ao seu cérebro? Pois então, agora que você está aposentado e tem muito mais tempo livre do que quando não era, é possível se dedicar a aprender coisas novas o máximo que conseguir. Existem uma infinidade de cursos sobre os mais variados temas no mercado, basta você fazer muita pesquisa e dificilmente não encontrará nada que te interesse.